sábado, 15 de setembro de 2012

A mais refinada entre todas

Petrópolis set/2012
Minha avó cultivava orquídeas, neste mesmo lugar onde eu moro atualmente.
Meu pai conta muitas histórias de como eram bonitos seus jardins. Das orquídeas raras e das tão minúsculas que se comparam em tamanho a uma unha do dedo mínimo.
Eu amo flores e jardins. A natureza toda me encanta. Árvores, plantas, grama... revigora.
Queria ter a paciência e o mesmo empenho que minha avó tinha com suas belas flores, mas não tenho. Tenho duas azaléias há 7 anos e posso garantir são flores muito resistentes, as minhas só são regadas pela chuva que cai. Acho até que Deus manda essa chuvinha  justamente regar as minhas plantinhas.
Mesmo assim, ainda terei um jardim. E nele, quem sabe, várias orquídeas, rosas, ericas, margaridas, lírios e claro, minhas azaléias. Enquanto isso não acontece, vou fotografando as que me encontram por ai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Beijinhos!
Erica