domingo, 26 de maio de 2013

Quando fui chuva

"Quando já não tinha espaço pequena fui Onde a vida me cabia apertada. Em um canto qualquer acomodei, minha dança, os meus traços de chuva. E assim, no teu corpo eu fui chuva jeito bom de se encontrar. E assim, no teu gosto eu fui chuva jeito bom de se deixar viver"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Beijinhos!
Erica