segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Tua imagem ficou gravada em mim, como lembrança doce, dos tempos de outrora, onde eu, criança, corria entre canteiros e absorvia os cheiros da terra fértil que tuas mãos plantara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Beijinhos!
Erica